;-)

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Curiosidades

Por que a barriga faz barulho quando estamos com fome?
Sempre que o estômago prepara-se para receber alimento as paredes do abdome funcionam como um amplificador, contraindo-se. Este processo costuma acontecer nos horários em que a pessoa está acostumada a comer. Às vezes o barulho é tão forte que parece existir um monstro na barriga do "faminto".

Temperatura regula as refeições
Um adulto comum necessita em média 2.000 calorias diárias para suprir suas necessidades energéticas, porém essa regra não funciona no mundo todo. Pessoas que vivem em países temperados utilizam cerca de 3.500 calorias diárias. Já na Antártida, onde se vive com temperaturas extremamente baixas, as pessoas precisam de cerca de 5.000 calorias ao dia.

Ser humano enfrenta dificuldade em imaginar outros mundos e espécies
A grande dificuldade na busca para descobrir se não estamos sós no Universo é identificar espécies de vida diferentes das que temos na Terra. Como os peixes das profundidades dos oceanos, onde nem a luz penetra. Desprovidos de olhos, para eles seria inimaginável um mundo de luzes e de cores, como o nosso.

Falta de audição é o principal fator para mudez humana
Afora casos raros, provocados por distúrbios cerebrais, não existe mudez autêntica no ser humano. Os indivíduos que conhecemos como surdo-mudos, na verdade são apenas surdos de nascença. Como não podem ouvir o som das palavras, não aprendem a falar a não ser por métodos especiais. Quando a ciência encontrar maneira de fazer essas pessoas ouvirem, terá encontrado também a solução para o problema da chamada surdo-mudez.

Sensação de fome tem origem no esôfago
A sensação de fome provém de fibras nervosas situadas na porção superior do esôfago e não do estômago, como geralmente se supõe. Quando a região é anestesiada, a fome desaparece por completo. É a razão porque quem cheirar cocaína ou fuma "crack" não se sente fome e emagrecem muito rapidamente. 
2002 teve o dia da "grande capicua"
No dia 20 de fevereiro de 2002 vivemos um momento matemático que acontece apenas dez vezes a cada mil anos. Trata-se de um dia capicua, uma data que pode ser lida indiferentemente da esquerda para a direita ou da direita para a esquerda (20.02.2002). Essa capicua, entretanto, foi especial, pois, além de ser a primeira do milênio, pode ser multiplicada pelos relógios digitais às 20h02, mostrando "20:02 20/02 2002". Um fenômeno como esse aconteceu apenas duas vezes anteriormente, às 10h01 de 10/01/1001 e às 11h11 de 1111, mas é claro que nessa época não se pode observar a seqüência numérica em mostradores digitais. Grandes capicuas como essas só serão vistas mais uma vez na história da humanidade, às 21h12 de 21/12/2112. Após essa data, será impossível reproduzi-las, já que só existem 12 meses. Muitas pessoas acreditam que essas seqüências numéricas simétricas são na verdade um sinal de boa sorte.



De onde vêm as runas
As runas carregam símbolos que formam um alfabeto muito antigo provavelmente criado pelos povos germânicos. O código rúnico, que também é também conhecido por futhark, palavra formada pelo nome de suas primeiras letras, assim como alfabeto (alpha + beta), espalhou-se da Europa Central e Oriental para o Norte há cerca de quatro mil anos. Lá, foi adotado por diversas culturas, incluindo os vikings, e sofreu modificações de acordo com a necessidade de se adicionar novos significados. O alfabeto original possuia 24 signos e nunca foi usado como língua falada. Sua escrita pode ser feita em ambos os sentidos e não possui letras minúsculas. O valor místico das runas é tão antigo quanto sua existência, pois desde sua origem são usadas como símbolos mágicos por adivinhadores do futuro. No passado, cada signo possuia uma relação direta com determinado deus.

Hábito de fumar foi levado dos índios norte-americanos para a Europa por um inglês
O hábito de fumar foi adquirido dos índios norte-americanos pelos colonizadores ingleses. Foi levado à Inglaterra por Walter Raleigh e dali se difundiu pela Europa. Conta-se que um criado, ao ver Raleigh soltando fumaça pela boca e pelo nariz, jogou-lhe uma jarra de cerveja, pois pensou que estivesse prendendo fogo.



Prevendo o futuro
O homem, esse bicho intrinsecamente curioso, desde a pré-história desenvolve técnicas para predizer o futuro. Sempre preocupado em ser bem-sucedido, tenta ler de alguma forma os sinais que trazem um bom ou mau agouro. Se suas técnicas funcionam ou não, apenas quem as usa pode dizer. O que podemos afirmar, com total certeza, é que muitas delas são extremamente interessantes. Estamos familiarizados com algumas formas de previsões, como a astrologia (leitura dos atros), a cartomancia (por baralhos) e a quiromancia (leitura das mãos), porém há muitas outras sendo usadas por aí.